O Legado dos Craques

Loco Abreu comemora gol marcado pelo Botafogo

     Ser ou não ser, eis a questão!!

     O desempenho do Botafogo, diante do Atlético-GO nessa quinta-feira(7/7/2011), foi de longe a pior partida do time alvinegro no Campeonato Brasileiro. O problema atual do Glorioso é bem fácil de se identificar, os craques não estão em campo. É claro que com um time “meia boca” o desempenho não será o mesmo, mesmo que haja muita vontade de vencer, não estou aqui afirmando o contrário, os primeiros minutos de jogo, foram sufocantes para o time goiano, que ficou encurralado no seu campo, o jogo encenava uma goleada alvinegra, ou seja, houve sim uma desejo de vencer e não teve corpo mole em campo. Logo no início do jogo, o Atlético tomou um gol, a bola sempre ficava pipocando na frente do goleiro, chutes e mais chutes…

     Agora, há uma diferença entre ser craque e achar que é um. O Botafogo se acostumou com bons jogos, nos lances em que os titulares estiveram em campo, definiu-se um padrão de jogo, que por mais que se esforcem, os digníssimos jogadores reservas, não conseguem manter e não é por falta de oportunidade, chance de mostrar o potencial tiveram e continuam tendo, espero que, pelo menos, agora tenham entendido a diferença, que ontem ficou claro, esse jogo serviu para separar o joio do trigo, esses mesmos que, na ausência dos titulares, já queriam erguer a bandeira de donos do pedaço, comprovaram que, no Botafogo atualmente, sua função é essa, ocupar a vaga temporariamente durante um determinado período. Me desculpem Somália, Márcio Azevedo, Caio, Cidinho(promessa de craque), mas nesse time vocês ainda não têm espaço.

     É um dilema que atormenta atletas temperamentais, jogadores que vêem em si, um ser diferenciado, com um desempenho acima da média e acha que ainda não foi reconhecido, cobra dos treinadores uma chance de jogar para seu futebol fluir… PAPO!

     A nós torcedores alvinegros, que estamos calejados de tanto ver jogadores desse tipo, vestindo a Camisa Gloriosa do Botafogo, resta aguardar até que as peças fundamentais voltem e ocupem seu espaço de direito. Que retornem logo Loco Abreu, Marcelo Mattos, Cortez, que inicie sua história no Botafogo, Renato e que juntos desempenhem um futebol brilhante, lúdico e eficiente… A torcida, a duras penas, os aguardam!!!

Jean Enaldiê – Falando Claro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s