Reforços começam a ficar em forma e abrem temporada de competição interna no Botafogo

Renato se prepara para entrar no jogo contra o Bahia, na 9ª rodada

A cotovelada do volante Léo no rosto do atacante Caio no treino de ontem, sem nenhuma intenção de machucar, pode simbolizar a largada na luta por posições no time titular do Botafogo. Com o anúncio do zagueiro Gustavo, o Botafogo decretou o fim do ciclo de contratações para o Campeonato Brasileiro, e a briga por reforços vai dar lugar a competição interna, como já previa o técnico Caio Júnior.

— Futebol é imposição até na busca por titularidade. Vai jogar quem tiver melhor rendimento. Eles (jogadores) tem que acreditar em mim e ter confiança de que estou fazendo o melhor para o time — disse o técnico.

Fora lesões e suspensões, a equipe terá que se adaptar a primeira mudança já no jogo de domingo contra o Bahia, quando meia Renato vai atuar ao menos 45 minutos. Principal contratação do clube, o jogador vem treinando forte a parte física, e ontem foi o último a deixar o gramado de General Severiano.

— Estou ansioso para que ele estreie. Pretendo utilizá-lo contra o Bahia ao longo do jogo, mas atento para que não tenha problema físico — explicou Caio Júnior.

Da lista de reforços, o treinador e a diretoria só ficaram na vontade por um meia armador, como Diego, que teve a negociação dificultada pelo alto valor.

Com isso, pela técnica e experiência, Caio Júnior não escondeu que pode utilizar Renato na função.

— Se tiver que mudar a característica do jogador em prol do time vou fazer. O Renato pode ser a saída para essa situação — alegou.

Elogios a Gustavo

Sobre Gustavo, com quem trabalhou no Paraná e no Palmeiras, o treinador rasgou elogios, dando a entender que em breve o jogador terá uma chance.

— Ele tem uma liderança positiva, pode se adaptar a qualquer posição na defesa. Vai ter que construir a história dele no Botafogo.

Gustavo deve estar apto a jogar em dez dias. Para isso, suou a camisa em corrida após o treino de ontem. A mesma disposição de Renato e Bruno Thiago, que deram vários piques depois de disputar um trenino técnico animado entre os reservas.

Logo ali na frente, os titulares trabalharam jogadas ofensivas, pelas laterais, com o retrovisor apontando para os reservas. Com o Botafogo sonhando com o título, ninguém será poupado em detrimento do bem da equipe.

Fonte Jornal Extra
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s